O CALDEIREIRO

24/07/2011 09:11

 

Qual é o preço justo para um serviço? -

Um caldeireiro foi contratado para consertar um enorme sistema de caldeiras de um navio a vapor que não estava funcionando bem.

Após escutar a descrição feita pelo engenheiro quanto aos problemas, e de haver feito umas poucas perguntas, dirigiu-se à sala de máquinas.

Olhou para o labirinto de tubos retorcidos, escutou o ruído surdo das caldeiras e o silvo do vapor que escapava, durante alguns instantes; com as mãos apalpou alguns dos tubos.

Depois, cantarolando suavemente só para si, procurou em seu avental alguma coisa e tirou de lá um pequeno martelo, com o qual bateu apenas uma vez numa válvula vermelha brilhante. Imediatamente, o sistema inteiro começou a trabalhar com perfeição e o caldeireiro voltou para casa.

Quando o dono do navio recebeu uma conta de $1000, queixou-se de que o caldeireiro só havia ficado na sala de máquinas durante quinze minutos e pediu uma conta discriminada. Eis o que o caldeireiro lhe enviou:

Total da conta.....:$1.000,00, assim discriminados:

Conserto com o martelo.....: $ 0,50

Saber onde martelar...........: $ 999,50

Isso acontece muito no nosso dia a dia, cobramos pelo nosso trabalho e na maioria das vezes as pessoas reclamam, mais só agente mesmo para saber o quanto foi difícil para chegar ate aqui. O quanto estudamos, as noites mal dormidas, o dia corrido sem parar ate mesmo apara almoçar, pense nisso. Seja como este caldeireiro, de valor ao seu trabalho.

Por Adenil Borges


 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!